22/11/17 “Para o alto e avante, no passo do hoje, desafio e impulso”!

#SolSagitário Enquanto a Lua segue em seu fino crescente em Capricórnio, encarando a zona de tensão maior no “Céu como na Terra” (Plutão-Marte-Urano Rx), cresce nosso “impulso para a ação” (Gratidão lunar, Rudhyar!), nosso “ímpeto do desejo de expansão sol-lunar”, ao mesmo tempo em que aumenta também a resistência do “mundo exterior” e nos sentimos numa luta intensa vivida como um “anseio vital” em que a fé no próprio trabalho e em nós mesmxs é o que nos move. Nesse momento do ano, o Sol já em Sagitário (desde 01:06-RJ) nos ilumina por todos os cantos, todos os centros de energia vital, fazendo vibrar em cada célula flamejante o mantra mobilizador: “TEM QUE ACREDITAR!”! Júpiter e Vênus em Escorpião co-laboram lindamente pelas bases das entranhas, mantendo a alquimia necessária para que a gente avance e, junto ao movimento do Sol, para que ousemos o salto, o salto de fé. Assim, podemos ser conduzidos pela chama forte do fogo espiritual, capaz de promover purificação e transmutar padrões de pensamento num novo e mais amplo patamar. O signo do centauro sagitariano, metade cavalo-metade humano, que leva consigo a flecha de fogo, que mira alto e longe e vai atrás do que ainda não vê mas pressente, é um signo mutável, de final de estação e nos traz o entusiamo para seguirmos o ímpeto de expansão, da busca por alargamento de nossas velhas fronteiras (geográficas, culturais, de conhecimentos, filosóficas… em constante ampliação de consciência). A força nas coxas do cavalo pode ser usada no exercício constante de deixar para trás qualquer corrente no pé que ainda esteja nos amarrando a um passado limitador. “A parte superior é o ser humano em busca de avançar para a frente, em busca do Divino”. No entanto, “Sagitário somente atinge o alvo pelos movimentos da vida. Seus ideais são altos, morais e elevados, mas as quedas para trás, as mudanças e aprendizados da vida o fazem encontrar a meta – que esperava ao longe, no alto – dentro de si mesmo. Assim, o entusiasta dogmático e defensor da lei, torna-se o filósofo realizado na sua vida interna, mudando as leis conforme seu crescer” (Dona Emmy, Mestra da Mestra, gratidão cósmica!). Simbora, povo, para o alto e avante, no passo do hoje (desafio e impulso), rumo à meta!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s