18/10/17 “Vibrando a tal revolução”

Hoje quem “puxou”, no punho, a comitiva real celeste para fazer o dia raiar foi Marte em Virgem. O guerreiro, um tanto a contragosto (anda se desentendendo feio com Lilith e Urano Rx e com as ideias que lhe parecem muito revolucionárias demais. Paciência! A caravana vai passar e a revolução é feminina!), preparou a chegada de Vênus e Lua em Libra a “subir” no horizonte, mantendo a resistência no amor, no acolhimento íntimo, na beleza dxs que cuidam e co-operam! Então “subiu” o Sol clareando o dia na balança (já na “vibe” do desafio que acompanha a Lua Nova de amanhã, já em oposição a Urano Rx, vibrando a tal “revolução” dentro dos relacionamentos mais íntimos, nas parcerias); seguido de Júpiter e Mercúrio em Escorpião, dizendo sem necessariamente falar nada, “só no olhar cortante”, que o “pior cego é aquele que não quer ver”. Ui! À noite, a Lua “Balsâmica” em Libra se distancia de Vênus e pode entrar em contato com “um vazio” (quadra Plutão em Capricórnio) daqueles que estremecem a Alma e que não se preenchem (e nem devem ser precipitadamente preenchidos) de uma hora pra outra. Até quando sustentar protocolos que nos sufocam? É claro e evidente que não há transformação social sem que isso comece dentro de casa, na “roupa de cama, mesa e banho” de todo dia, que alguém tem que lavar. É sobre libertação! (Imagem Christian Schloe)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s